Rua Fidalga, 593
Vila Madalena – SP
Tel. 11 3032 9003
patria@patria.ppg.br

Pátria lança nova campanha para Racco

A campanha terá filme e merchandising em TV na Globo, Record e RedeTV, além de materiais para internet e de no midia.

Post Pic

     A Pátria lança nesta quarta-feira 13/7, sua segunda ação para a Racco. A campanha busca atrair novas consultoras de beleza para a marca que cosméticos, que atualmente conta com mais de 400 mil representantes. A Racco detem o terceiro maior canal
de vendas do setor de venda diretas de cosméticos no país, atrás de Avon e Natura e à frente
de Jequiti, que declara ter 160 mil revendedoras.

Ganhos e oportunidade de carreira

     A campanha terá filme e merchandising em TV na Globo, Record e RedeTV, além de materiais para internet e de no midia. (Para ver o filme, clique aqui.) As peças destacam os dois maiores diferenciais do canal de vendas da Racco: maior comissão e possibilidade de crescimento dentro da empresa. Ricardo Lordes, presidente da Pátria, explica: "As consultoras Racco têm 51% de comissão na venda dos produtos, enquanto nas concorrentes o valor é de 30%. Além disso, a pessoa começa como consultora, mas pode se tornar dirigente, promotora e até diretora. Hoje, todas as diretoras de venda da Racco são ex-consultoras da marca. Isso é único na venda direta de cosméticos."

Três filmes no ar

     O filme foi dirigido por Andrucha Waddington, da Conspiração, que também dirigiu os filmes criados pela Pátria para os perfumes Emoções, parceria da Racco com o cantor Roberto Carlos.
     Esses filmes, que foram lançados no mês passado, voltaram ao ar e serão veiculados paralelamente à campanha de atração de novas consultoras. "As duas campanhas estão umbilicalmente ligadas. Até porque, graças ao sucesso dos perfumes com o flight passado, milhares de pessoas já procuraram a Racco para se tornarem consultoras. Unir os perfumes Emoções, a marca Roberto Carlos, a comissão de 51% e a possibilidade de crescimento
dentro da empresa tornará a oferta da Racco muito atraente", diz.

Voltar

Todos os direitos reservados 2011.