Rua Fidalga, 593
Vila Madalena – SP
Tel. 11 3032 9003
patria@patria.ppg.br

Época de compras no Uruguai

Post Pic

     O dólar em baixa tem enchido muitos e muitos vôos para os EUA, especialmente. Os brasileiros têm aproveitado até final de semana para viajar e voltar de mala cheia. Já os gaúchos não tem precisado ter tanto trabalho. Feriado por lá se tornou sinônimo de corrida aos freeshops da fronteira com o Uruguai. Perfumes, roupas, bebidas e splits são os produtos mais disputados nas cinco cidades que ficam na divisa entre os dois países.
     A administradora de empresas Carla Uibhe marca com antecedência na agenda as datas em que pode sair do município de Pelotas, onde mora, para dar uma escapada até o Chuy. Viaja cerca de 250km pelo menos quatro vezes ao ano para comprar roupas, bebidas, presentes de Natal e até eletrodomésticos. "A baixa do dólar faz a viagem valer a pena. Além disso, posso comprar artigos de luxo e peças como Armani e Ralph Lauren, que no Brasil são muito caras", explica.

Custo-benefício

     Pelas gôndolas dos estabelecimentos estão perfumes, cremes e maquiagens de marcas como Chanel, Dior, Gucci, Burberry e Victoria's Secrets. Nas grandes lojas há espaços temáticos com roupas de grifes esportivas – Nike, Adidas, Puma e Columbia -, enxovais para bebês, brinquedos, adega com centenas de rótulos e uma ilha especial com eletrônicos, em que predominam os TVs e as câmeras fotográficas.
     A relação custo-benefício da viagem é ótima. Os tradicionais óculos Aviador, da Rayban, por exemplo, custam cerca de US$ 170. Um pacote com quatro garrafas de Johnnie Walker Red Label custa, no total, US$ 72 e um tênis em couro Nike Shox fica em torno de US$ 120 (veja abaixo os valores de outros produtos).

Aos milhares

     Por oferecer mais opções de lojas – são em média 80 – Rivera, ao lado da cidade gaúcha de Santana do Livramento – é a mais visitada. Nos feriadões, cerca de 30 mil pessoas passam para o lado uruguaio, de acordo com a Associação dos Freeshops. Rio Branco, divisa com Jaguarão, e Chuy atraem cerca de 10 mil visitantes cada. Em Aceguá e Artigas, a estimativa é de que recebam cerca de 5 mil pessoas cada. "Visitar Punta del Este ou Montevidéu de carro são bons motivos para desembarcar no Chuy e fazer comprar antes e depois da viagem. Compramos itens para casa, como roupas de cama e edredons", diz o engenheiro Hugo Sehn.
     Para não correr o risco de ser barrado em algumas fiscalizações da Receita Federal, a dica é não ultrapassar a cota permitida de US$ 300 para quem viaja de carro – quando o transporte é via aérea, o valor sobe para US$ 500.

E nem é liquidação!

Confira o preço de alguns produtos oferecidos pelos freeshops uruguaios

(Vestuário)
Óculos Rayban Aviador – US$ 168
Calça jeans Diesel – US$ 176
Nike Shox - US$ 120
Vestido Calvin Klein - US$ 50

(Perfumaria)
Hidratante Banana Boat Aloe Vera – US$ 6,50
Perfume Ralph Lauren – três frascos por US$ 70
Perfume Acqua de Gio (50ml) – US$ 56

(Bebidas)
Amarula (375ml) – US$ 6,50
Freixenet Cava (750ml) – US$ 8
Johnnie Walker Red Label – 4 garrafas por US$ 72
Veuve Clicquot Brut (750 ml) – US$ 66

Voltar

Todos os direitos reservados 2011.